May 22, 2024
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Por PLR justa e democrática, Conselho Deliberativo da FUP indica greve de cinco dias. Trabalhadores vão decidir em assembleias

FUP

Nesta quarta e quinta-feira, 30 e 31, o Conselho Deliberativo da FUP reuniu-se no Rio de Janeiro, para avaliar o movimento de greve nacional, realizado pelos petroleiros, na última segunda-feira, 28, e para traçar novas estratégias que force a Petrobrás a provisionar os valores justos e igualitários da PLR 2012 e implantar o regramento das PLR’s futuras.

Durante os dois dias de reunião do Conselho, a FUP e seus sindicatos decidiram indicar à categoria, a realização de novos atos e mobilizações, no dia 04/02, e, assembléias a partir deste dia, para apreciar o indicativo de greve por tempo determinado, de 20 a 24/02/2013. Os atos e assembléias serão realizados na mesma data em que o Conselho de Administração da Petrobrás se reúne para definir os resultados do ano de 2012, inclusive o montante de PLR a ser provisionado

O Conselho Deliberativo da Federação também aprovou o envio de uma carta ao presidente do C.A e à presidência da Petrobrás, solicitando audiência para discutir o montante a ser provisionado à PLR dos trabalhadores.

 

Entenda os acontecimentos em torno da PLR 2012

Desde meados de dezembro, os petroleiros estão mobilizados, cobrando da Petrobrás a negociação dos valores integrais da PLR 2012, para impedir que a empresa continue definindo de forma unilateral o provisionamento, como tem feito nos últimos anos, sem qualquer negociação com a categoria.  Os trabalhadores querem regras e critérios transparentes, democráticos e justos.

A proposta de adiantamento da PLR que foi apresentada pela Petrobrás no início de dezembro foi massivamente rejeitada pela categoria. Os trabalhadores não aceitam que a empresa mantenha os dividendos dos acionistas e proponha reduzir em mais de 50% a PLR da categoria.

No dia 16 de janeiro, a FUP se reuniu com o Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST) para cobrar do governo uma solução para o impasse em que se encontra a negociação da PLR 2012.

No dia 28, os petroleiros de todo o país realizaram uma greve nacional, para exigir que a Petrobrás use regras claras, justas e democráticas para provisionar o pagamento dos lucros e resultados construídos pela categoria. A greve foi convocada pela FUP e seus sindicatos e contou com intensa participação dos petroleiros, tanto nas unidades operacionais, como nas administrativas.

Facebook