Apr 24, 2024
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Produção no pré-sal surpreende e bate novo recorde

NN- A Mídia do Petróleo

A produção de pré-sal surpreende e registra novo recorde em novembro. Responsável por uma parte significativa do petróleo produzido no Brasil, a produção de petróleo e gás natural no pré-sal aumentou 25,6% em novembro em relação ao mês anterior. Em novembro, a região alcançou a média de 227,6 mil barris/dia de petróleo produzidos e 7,1 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, totalizando 272,1 mil barris de óleo equivalente, de acordo com dados da a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP).

Já a produção de petróleo total, incluindo o pós-sal, cresceu 1,7% em relação a outubro de 2012, registrando cerca de 2,045 milhões de barris/dia. Ao todo são 15 poços em produção.

"Dois novos poços iniciaram a produção nos campos de Jubarte e Marlim Leste, elevando o total de poços em reservatórios do pré-sal para 15, sendo dois em Jubarte, quatro em Lula, dois em Marlim Leste, um em Barracuda, quatro em Baleia Azul, um em reservatório compartilhado pelos campos de Caratinga e Barracuda e um em reservatório compartilhado pelos campos de Marlim e Voador", disse a ANP em nota.

Produção de gás natural

A produção de gás natural no Brasil foi de 73,3 milhões de m3/d, superando em 0,5% o recorde obtido em outubro, de 73 milhões de m3/d. Em relação a novembro de 2011 o aumento foi de 8%. O campo de Gavião Real, operado pela OGX Maranhão, tornou-se o primeiro produtor na bacia do Parnaíba, com vazão inicial de 10 mil metros cúbicos de gás natural por dia, segundo a ANP. O campo com maior produção de gás natural foi o de Manati, na bacia de Camamu.

Facebook